quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Portal Vi@s


SOBRE O Vi@s

 Vi@s é um portal disponibilizado e gerido pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

 Os seus conteúdos foram criados e são regularmente atualizados pela Direção de Serviços de Informação e Orientação Profissional deste organismo.


O Vi@s tem como finalidade disponibilizar informação e funcionalidades que concorrem para a gestão da carreira da generalidadedos cidadãos, minimizando condicionalismos de ordem geográfica, motora ou de tempo, e para a atuação de profissionais de orientação, professores e pais.

São objetivos do Vi@s:

- Flexibilizar as modalidades de prestação de serviços no sentido de responder a um maior número de cidadãos e à sua diversidade de necessidades

- Aumentar a acessibilidade a instrumentos de orientação, designadamente, para cidadãos com dificuldades de mobilidade ou em situação de isolamento geográfico

- Garantir o livre acesso a informação profissional na era digital

- Desenvolver e  rentabilizar a capacidade de autogestão da carreira dos cidadãos

- Concorrer para a transparência do mercado de trabalho e da formação profissional

- Apoiar a actuação dos técnicos com competências específicas no âmbito da orientação profissional

Registe-se no Portal do Vi@s, um Portal de orientação, um apoio na gestão de carreira: vias.iefp.pt/

MIAOE - Medida de Incentivo à Aceitação de Ofertas de Emprego











A Medida de Incentivo à Aceitação de Ofertas de Emprego visa promover o regresso ao mercado de trabalho de desempregados subsidiados.

Com vista a tornar mais eficaz combate ao desemprego, e em particular ao desemprego de longa duração, o Governo acordou com a maioria dos parceiros sociais, no âmbito do Compromisso para o Crescimento, Competitividade e Emprego, a criação de uma medida de emprego que, permita um melhor ajustamento e redução do número de ofertas de trabalho não preenchidas que coexistem com um elevado número de desemprego, assim como, potenciar as perspetivas de empregabilidade futura dos desempregados subsidiados ao facilitar a sua reinserção plena no mercado de trabalho .

A candidatura a esta nova medida pode ser efetuada a partir de 6 de Agosto de 2012, junto do IEFP,IP.

Neste contexto, a Portaria n.º207/2012, de 06 de julho, criou a Medida Incentivo à Aceitação de Ofertas de Emprego (MIAOE) que consiste na atribuição de um apoio financeiro aos desempregados titulares de prestações de desemprego que aceitem ofertas de emprego apresentadas pelos Centros de Emprego ou através de colocação pelos próprios meios.

Os beneficiários das prestações de desemprego, devem reunir, cumulativamente, os seguintes requisitos:

 a) Estar inscritos nos Centros de Emprego há mais de 6 meses;

b) Aceitar uma oferta de emprego, apresentada pelo centro de emprego, ou obtenham colocação pelos próprios meios, cuja retribuição ilíquida seja inferior ao valor das suas prestações de desemprego;

c) Ter, à data da celebração do contrato de trabalho, ainda direito a beneficiar das prestações de desemprego por um período remanescente igual ou superior a 6 meses.


O beneficiário pode ter direito ao seguinte apoio financeiro:

a) 50% do valor das prestações de desemprego durante os primeiros seis meses, até ao limite máximo de 500 euros;

b) 25% do valor das prestações de desemprego durante os seis meses seguintes, até ao limite máximo de 250 euros;

c) O apoio financeiro tem um limite de 12 meses, mesmo que o contrato de trabalho celebrado tenha uma duração de superior.


A candidatura para o apoio financeiro, que pode ser efetuada a partir de 6 de Agosto de 2012, é apresentada junto do IEFP,IP e o candidato pode fazê-lo de duas maneiras:

a) Entregando no centro de emprego o requerimento, conforme modelo próprio, que pode obter no centro de emprego ou imprimir através do site do IEFP;

b) Efetuando diretamente a sua candidatura através do portal Netemprego (www.netemprego.gov.pt).


Qualquer que seja a opção, a candidatura tem que ser sempre apresentada no prazo de 30 dias consecutivos, a contar da data de início da vigência do contrato de trabalho.


Para fornecer informação mais detalhada e apoiar os candidatos, o IEFP elaborou o Guia de Apoio ao Candidato (em anexo), disponível nos portais www.iefp.pte www.netemprego.gov.pt

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Voluntariado Jovem - Namorar com Fairplay

Voluntariado Jovem

Data: 25-01-2013 a 12-02-2013

Agenda: Nacional
Local: Todo o país (Regiões: Norte, Centro, Alentejo, Lisboa e Algarve)
Promotor: IPDJ, I.P.
Contactos: Linha da Juventude 707 20 30 30 | Geral IPDJ 21 04 70 000 | Direções Regionais IPDJ

Tens entre 16 e 25 anos, disponibilidade e gostas de comunicar com os outros? És sensível às temáticas da Igualdade de Género e da violência no namoro?
Estão abertas inscrições para integrar a Bolsa Local de Animadores inserida num projeto de voluntariado jovem na área da prevenção da violência no namoro, Namorar com Fair Play.

Os/as jovens voluntários/as que integram a Bolsa Local de Animadores/as irão desenvolver e dinamizar projetos, diretamente, com alunos/as do 3º ciclo e secundário integrados/as no sistema de ensino.
 Namorar com Fair Play aposta na prevenção da vitimização de jovens e da violência simbólica relacionada com as desigualdades de género, intimamente associada aos processos de socialização, procurando combater, eficazmente, a violência no namoro que afeta os/as elementos mais permeáveis da nossa sociedade “os/as jovens”.
Pretendendo ainda contribuir para eliminar estereótipos de género, promover uma cultura de não-violência, cidadania, relações interpessoais e sociais que permitam a igualdade de género e de oportunidades, alterar percepções práticas e comportamentos face às situações de violência no namoro.

Para alcançar os objetivos do projeto  Namorar com Fair Play, ao longo do ano de 2013 serão desenvolvidas diversas atividades que contribuirão diretamente para o alargamento de competências, maior enriquecimento pessoal, relacional e social dos/as jovens voluntários/as e alunos/as, destacando-se a intervenção nas escolas, denominada:

• BLA – BOLSA LOCAL DE ANIMADORES/AS – VAI À ESCOLA
DATA DA REALIZAÇÃO: durante os meses de março, abril e maio e de setembro, outubro e novembro (haverá ressarcimento de despesas inerentes à participação na BLA, até ao valor mensal de 40€)
HORÁRIO: De acordo com a disponibilidade do/a jovem voluntário/a e em articulação com o estabelecimento de ensino aderente.

Os/as voluntários/as que irão integrar esta BLA - Bolsa Local de Animadores terão obrigatoriamente que frequentar uma ação de sensibilização, sobre esta temática:

• AÇÃO DE SENSIBILIZAÇÃO À TEMÁTICA
DATA PREVISTA DA REALIZAÇÃO: Dias 13, 14 e 15 de fevereiro de 2013
DURAÇÃO: 18 Horas (6 horas por dia)
HORÁRIO: Das 09:30 às 12:30 e das 13:30 às 16:30
LOCAL: A definir (Será disponibilizado: alojamento, refeições e transporte)

Estão ainda programadas outras atividades que complementam o projeto, a saber:
• CONCURSO COM ATRIBUIÇÃO DE PRÉMIO
DATA PREVISTA DA REALIZAÇÃO: Lançamento em março
DURAÇÃO: De março a novembro
LOCAL: A decorrer nas Escolas que irão integrar o projeto

• EXPOSIÇÃO E MOSTRA DE TRABALHOS
DATA PREVISTA DA REALIZAÇÃO: Durante o mês de dezembro
LOCAL: A definir

• SEMINÁRIO FINAL
DATA PREVISTA DA REALIZAÇÃO: Início de dezembro 2013
DURAÇÃO: um dia
LOCAL: A definir

Os/as voluntários/as que integrarem a BLA – Bolsa Local de Animadores/as terão ainda, para além do ressarcimento de despesas inerente à participação nas atividades, direito a seguro e certificado de participação e de valorização pessoal.
Para participar e integrar o projeto  Namorar com Fair Play os/as jovens deverão preencher a ficha de inscrição: https://docs.google.com/file/d/1B3FLzNcUzbAWtE2BqZTTmYFEcbZPKxGSFVzNaP4fnjbSV6Zqf5XLQcLNTyCV/edit e enviar para a Direção Regional do Algarve do IPDJ: faro@ipdj.pt ou contactar através do telefone 289 891820, até ao próximo dia 8 de fevereiro.
As Escolas que queiram fazer parte deste projeto deverão manifestar o seu interesse junto da DGE – Direção-Geral da Educação bem como junto das Direções Regionais e/ou dos Serviços Desconcentrados do IPDJ, IP.

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Programa de Estágios de Jovens Estudantes do Ensino Superior nas Empresas (PEJENE)



O Programa de Estágios de Jovens Estudantes do Ensino Superior nas Empresas (PEJENE) - visa a criação de uma relação directa entre as Universidades e as Empresas durante o período de formação escolar e curricular dos jovens. Este programa de estágios de âmbito nacional, que se encontra agora na 21ª edição, permite aos jovens estudantes aceder a uma experiência profissional reconhecida, facilitando a sua posterior entrada no mercado de trabalho.

Os estágios, a decorrer entre os meses de Julho e Setembro, destinam-se a todos os jovens que frequentem o penúltimo e o último ano de qualquer curso do ensino superior (Licenciatura, Mestrado ou Mestrado Integrado), em estabelecimentos de ensino público, privado e/ou cooperativo, abrangendo todas as áreas de estudo.

Os estágios terão a duração mínima de 2 meses e máxima de 3 meses, decorrendo em todo o território nacional.

As inscrições no PEJENE 2013 são realizadas exclusivamente por via electrónica e, terminada a fase de candidaturas das empresas que decorreram até dia 30 de Abril, surge a oportunidades dos jovens portugueses investirem no seu futuro e utilizarem esta plataforma de acesso ao mercado de trabalho. A partir de 2 de Maio, e sem data limite, os estudantes podem candidatar-se.
Para mais informações e candidatura clique no link: http://www.fjuventude.pt/actividades-e-projectos-19-pejene-2013

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Estágios Profissionais na Administração Pública


O PEPAC está previsto no Decreto-Lei n.º 18/2010 de 19 de março alterado pelo Decreto-Lei 214/2012 de 28 de setembro.
Já foi regulamentado pela Portaria n.º18/2013 de 18 de janeiro.

Os estágios PEPAC iniciam no dia 03/05/2013 nas áreas constantes e organismos do anexo à Portaria nº 17/2013 de 18/01.

O que é
Estágio formativo em funções da carreira técnica superior (exigência de licenciatura), de acordo com interesse e disponibilidades dos serviços da Administração Pública. Permitem promover a integração dos estagiários no mercado de trabalho, possibilitando-lhes o exercício de funções adequadas às suas qualificações em contexto real de trabalho, oferecendo a oportunidade aos jovens de adquirirem simultaneamente as competências de que necessitam e experiência profissional

A quem se destina
Jovens com idade até aos 30 anos, à procura do primeiro emprego, desempregados à procura de novo emprego, ou jovens à procura de emprego correspondente à sua área de formação e nível de qualificação, que possuam uma qualificação de nível superior correspondendo, pelo menos, ao grau de licenciado.

Apoios e Modelo de Incentivos
12 meses não prorrogáveis, com celebração de contrato de formação em contexto de trabalho, e uma bolsa mensal correspondente a 1,65 IAS, bem como subsídio de refeição e seguro.


Para mais informações e para efectuar candidatura, clique aqui: https://www.bep.gov.pt/Pages/Estagios/Default.aspx

sábado, 12 de janeiro de 2013

Programa de Estágios Profissionais abrange novos destinatários


É alargado o público-alvo do Programa de Estágios Profissionais, passando a abranger como destinatários, para além de jovens até 30 anos com qualificação de nível 4 ou superior e de adultos com mais de 30 anos à procura de novo emprego que tenham obtido há menos de 3 anos uma qualificação de nível 2 ou superior, os desempregados, inscritos nos Centros de Emprego ou Serviços de Emprego dos Centros de Emprego e Formação Profissional, que integrem família monoparental ou cujos cônjuges, ou pessoas com quem vivam em união de fato, se encontrem igualmente desempregados.
Para mais informações consulte o site: http://www.iefp.pt/noticias/Paginas/ProgramaEstagiosProfissionais.aspx

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Comissão Europeia abre vagas para Estágios remunerados


A Comissão Europeia (CE) abriu no passado dia 3 de janeiro uma nova vaga de 650 estágios remunerados. As candidaturas devem ser entregues até ao fim deste mês, a pré-seleção das mesmas será feita entre março e abril e a seleção final decidida em maio. Os estágios arrancam em outubro, de acordo com informações do site da própria Comissão.

Todos os anos, Bruxelas abre cerca de 1.300 estágios. Este ano será ainda aberta uma nova vaga de 650 candidaturas em julho/agosto, mas esses estágios só arrancarão efetivamente em março do ano que vem.

Os estágios têm uma duração de cinco meses, (quem concorrer este mês e for selecionado começa a 1 de outubro) e poderão ser feitos na CE ou noutras instituições comunitárias. Os estagiários selecionados receberão uma bolsa mensal de mil euros e as despesas de deslocação serão reembolsadas, tendo ainda direito a seguro de saúde e de acidentes.
 Pode candidatar-se quem tiver formação universitária (pelo menos três anos), muito bom conhecimento de inglês, francês ou alemão e muito bom conhecimento de uma segunda língua oficial da União Europeia. No caso dos estágios na área da tradução, os estagiários têm de saber traduzir para a sua língua materna duas das línguas oficiais da UE, sendo que uma delas tem de ser uma língua principal (francês, inglês e alemão).

Para se candidatarem, os interessados devem registar-se no site: http://ec.europa.eu/stages/how/how_en.htm da Comissão, preencher o formulário e anexar a documentação exigida (cópia do passaporte ou cartão do cidadão/BI, cópia dos certificados de formação académica, cópia dos comprovativos das aptidões linguísticas e cópia dos comprovativos da experiência profissional prévia).